ATENDIMENTO
(27) 3434-2050
8h30 às 12h e 13h30 às 18h
ÁREA RESTRITA AOS ASSOCIADOS
CNPJ:     Senha: 
Esqueci a senha     
Fale Conosco    
início
O Sinduscon-ES Serviços Informações Comissões CUB Eventos e Treinamentos Cartão do Associado
Informações
• Calendário de Feriados
• Campanha de Doação de Sangue
• Censo Imobiliário
• Convenções Coletivas
• Documentos Relações Trabalhistas
• Dados Setoriais
• Download
• Indicadores Financeiros
• Licitações Encerradas
• Links Úteis
• Notícias da Imprensa
• Notícias do Sinduscon-ES
• Salários
• Sinduscon-ES Informa
• Sinduscon-ES Jurídico
Modernização dos cartórios
26.07.2016   A Gazeta
Notícia - Imprensa
Boas novas na desburocratização: A modernização nos Ofícios de Registro de Imóveis já é uma realidade em alguns cartórios do Espírito Santo – finalmente! Algumas das novidades mais importantes para os usuários são: visualização eletrônica de matrícula em tempo real (“matrícula online”), a “certidão digital” (que pode ser obtida em até duas horas em alguns ofícios, como o 1º Ofício da 2ª Zona da Serra), a “pesquisa eletrônica para localização de bens” pelo CPF ou CNPJ e o “monitor registral”, em que, por exemplo, o proprietário de um imóvel será automaticamente avisado se houver registro e averbação de atos sobre seu imóvel (esse serviço ainda não funciona no Espírito Santo).

Vale lembrar que a certidão do imóvel obtida no competente Cartório de RGI é o principal documento a ser analisado para uma transação imobiliária, uma vez que, entre outros, informa com segurança o real proprietário do imóvel e, em linguagem coloquial, informa se há “problemas” com o imóvel (não se referindo a problemas físicos, mas “documentais”). Vale ressaltar o que as novidades “matrícula online” e “certidão digital” significam frente ao processo tradicional: Até então, a forma mais rápida de se obter uma certidão de imóvel era fisicamente. O cidadão precisava se dirigir ao ofício competente e solicitá-la, aguardando alguns dias para a certidão ficar pronta e então retornar para buscá-la.

Há relevante ganho de produtividade para bancos, imobiliárias e incorporadoras, que precisam de dezenas ou até centenas desses documentos mensalmente.

Os serviços são concentrados no site www.registradores.org.br, e as compras de créditos para os mesmos podem ser feitas através de cartão de crédito, o que, aliás, é outra novidade, visto que a maioria dos cartórios do Espírito Santo aceita somente pagamento por dinheiro, cheque, ou depósito.

A necessidade de modernização dos cartórios como reza esse artigo é oriunda de uma lei federal que os obrigou a tal, a Lei nº 11.977, de 7 de julho de 2009, com prazo de cinco anos para cumprimento. O Provimento 59/2013 da Corregedoria de Justiça do ES instituiu e regulamentou a implantação do Sistema de Registro Eletrônico de Imóveis (SREI) e a utilização da Central Registradores de Imóveis no Espirito Santo, com prazo de conclusão para o 1º semestre de 2014. Entretanto, houve atrasos e o Conselho Nacional de Justiça, por meio do Provimento 47/2015, estipulou o prazo de junho de 2016 para que os serviços fossem prestados em plenitude.

Eduardo Schwartz Borges é diretor do Sinduscon-ES e da Reserva Negócios Imobiliários
Compartilhar:


 
SINDUSCON-ES - Sindicato da Indústria da Construção Civil no Estado do Espírito Santo
Av. Nossa Senhora da Penha, 1830, 3º andar
Barro Vermelho - Vitória - ES - CEP 29057-565
(27) 3434-2050

8h30 às 12h e 13h30 às 18h