ATENDIMENTO
(27) 3434-2050
8h30 às 12h e 13h30 às 18h
ÁREA RESTRITA AOS ASSOCIADOS
CNPJ:     Senha: 
Esqueci a senha     
Fale Conosco    
início
O Sinduscon-ES Serviços Informações Comissões CUB Eventos e Treinamentos Cartão do Associado
Informações
• Calendário de Feriados
• Campanha de Doação de Sangue
• Censo Imobiliário
• Convenções Coletivas
• Dados Setoriais
• Download
• Indicadores Financeiros
• Licitações Encerradas
• Links Úteis
• Notícias da Imprensa
• Notícias do Sinduscon-ES
• Salários
• Sinduscon-ES Informa
• Sinduscon-ES Jurídico
Sinduscon-ES Informa
Nº 64 - 09.07.2015 
Amanhã tem palestra técnica sobre Participação nos Resultados
 

O advogado Victor Queiroz Passos Costa faz palestra para associados do Sinduscon-ES, nesta sexta-feira, dia 10 de julho, sobre participação nos resultados, abordando verdades, mitos e caminho para desenvolver um bom plano para a empresa. A palestra será realizada no auditório do Sinduscon-ES, das 8h30 às 11 horas, com inscrição gratuita para associados e para não associado o valor é de R$ 25. A inscrição pode ser feita acessando aqui.


Guia de Contribuição Patronal 2015 já pode ser emitida
 

Com vencimento em 30 de julho, já pode ser emitida no site do Sinduscon-ES a Guia de Contribuição Patronal 2015. O pagamento dessa contribuição está previsto na cláusula 46 da Convenção Coletiva de Trabalho. Essa contribuição objetiva o custeio da negociação da CCT, bem como a manutenção de outras atividades sindicais patronais afins. No site há uma tabela para enquadramento do valor a ser recolhido, conforme Capital Social ou Patrimônio Líquido (o que for maior). Qualquer dúvida pode ser sanada com a coordenadoria financeira do Sinduscon-ES, pelo telefone 3434-2067.


Região Metropolitana tem 1.147 unidades imobiliárias lançadas no primeiro trimestre do ano
 

O 28º Censo Imobiliário, realizado no mês de abril de 2015 pelo Sindicato da Indústria da Construção Civil no Estado do Espírito Santo (Sinduscon-ES), mostra que no primeiro trimestre deste ano foram lançadas na Região Metropolitana um total de 1.147 unidades imobiliárias, sendo 1.125 residenciais e 22 comerciais.

O número total de imóveis em construção na data da pesquisa foi 1,99% maior que o registrado na edição anterior, de janeiro de 2015. O Censo mostra que, em abril, estavam em produção 27.697 unidades, sendo 22.913 residenciais e 4.784 comerciais.

Segundo o Censo, Vila Velha continuava sendo o município com maior número de imóveis em construção: 14.144 unidades residenciais e comerciais, seguido pela Serra com 5.446, Vitória 3.707, Cariacica 2.403, Guarapari 1.841 e Viana 156.

Vila Velha também foi a cidade que recebeu o maior número de lançamentos no primeiro trimestre deste ano. Foram 677 unidades imobiliárias lançadas, na Serra foram 288 e em Vitória 160. Cariacica, Guarapari, Viana e Fundão não registraram lançamentos. O único município com lançamento comercial foi Vila Velha.

Do total de unidades em construção, lideraram os apartamentos de dois quartos, totalizando 15.911 unidades. As vendas continuam equilibradas, na data da pesquisa, já que 73% das unidades em construção já estavam comercializadas.

De janeiro a março de 2015, foram concluídas 923 unidades. O maior número de unidades concluídas foi no município da Serra: 438.

A perspectiva é que este ano seja marcado por um número grande de obras concluídas, já que o Censo de abril mostra que das 27.697 unidades em construção, 8.677 estavam na fase de acabamento e 12.044 na de estrutura. Apenas 2.432 unidades encontravam-se ainda na planta e 4.544 na fase de fundação.

O Censo de abril mostra que os preços médios dos imóveis em construção na Região Metropolitana variavam de R$ 4.052, unidade de um quarto, a R$ 6.747 unidades de quatro quartos.

O Censo Imobiliário, realizado periodicamente pelo Sinduscon-ES, faz um levantamento dos empreendimentos residenciais e comerciais em construção e à venda com área de construção da edificação superior a 800 metros quadrados, com exceção de hotéis e shoppings centers.

 


Até o dia 17 de julho haverá consulta pública sobre a Norma Regulamentadora sobre trabalho em altura
 

O Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) abriu consulta pública sobre dois temas da Norma Regulamentadora nº 35, que trata sobre trabalho em altura: a criação do Anexo II sobre sistemas de ancoragem e a revisão do item 35.5 que aborda a equipamentos de proteção individual, acessórios e sistema de ancoragem. A publicação das normas NBR 16325-1 e NBR 16325-2, regulando os Dispositivos de Ancoragem tipos A, B e D e tipo C, respectivamente, como referencial técnico levaram a Comissão Nacional Tripartite Temática (CNTT) a decidir pela elaboração de um anexo para Sistemas de Ancoragem, que abordasse não somente o uso desses dispositivos, mas os demais sistemas, como a ancoragem diretamente na estrutura ou a ancoragem estrutural. Além disso, durante os trabalhos da CNTT verificou-se a necessidade de não só incluir um novo anexo, mas de revisar o item 35.5 da NR-35, sob pena de ter um anexo incompatível com determinados dispositivos do corpo da norma. O prazo para a consulta pública vai até 17 de julho e as contribuições podem ser enviados via e-mail (normatizacao.sit@mte.gov.br. Após o término da consulta pública, os integrantes da CNTT (empresas, trabalhadores e governo) vão debater as opiniões e produzir um documento. A seguir link para acessar as propostas de textos normativos do Anexo II e doitem 35.5 da NR-35.(Com informações do ConstruMail 2096)


 
SINDUSCON-ES - Sindicato da Indústria da Construção Civil no Estado do Espírito Santo
Av. Nossa Senhora da Penha, 1830, 3º andar
Barro Vermelho - Vitória - ES - CEP 29057-565
(27) 3434-2050

8h30 às 12h e 13h30 às 18h