ATENDIMENTO
(27) 3434-2050
8h30 às 12h e 13h30 às 18h
ÁREA RESTRITA AOS ASSOCIADOS
CNPJ:     Senha: 
Esqueci a senha     
Fale Conosco    
início
O Sinduscon-ES Serviços Informações Comissões CUB Eventos e Treinamentos Cartão do Associado
Informações
• Calendário de Feriados
• Campanha de Doação de Sangue
• Censo Imobiliário
• Convenções Coletivas
• Dados Setoriais
• Download
• Indicadores Financeiros
• Licitações Encerradas
• Links Úteis
• Notícias da Imprensa
• Notícias do Sinduscon-ES
• Salários
• Sinduscon-ES Informa
• Sinduscon-ES Jurídico
CANPAT Construção 2017/2018 passa por Vitória e incentiva a prevenção de acidentes e doenças do trabalho
13.03.2018   
Notícia - Sinduscon
Após passar por Ribeirão Preto/SP, Belém/PA e Goiânia/GO, a Campanha Nacional de Prevenção de Acidentes na Indústria da Construção (CANPAT Construção 2017/2018) passou por Vitória/ES na última quinta-feira, dia 08 de março. A apresentação da campanha integra o Seminário Regional "Edificar o Trabalho", que foi realizado na capital capixaba, nesta quinta-feira (8), pelo Sindicato da Indústria da Construção Civil no Estado do Espírito Santo (Sinduscon-ES), com a participação de cerca de 100 pessoas. A iniciativa é da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), por meio de sua Comissão de Política de Relações Trabalhistas (CPRT), do Serviço Social da Indústria (Sesi-DN) e do Ministério do Trabalho, por meio de sua Secretaria de Inspeção do Trabalho (SIT).
 
O encontro aconteceu na Federação das Indústrias do Estado do Espírito Santo (Findes) e reuniu empresários, trabalhadores, técnicos de Segurança e Saúde no Trabalho (SST), fiscalizadores e autoridades. Na abertura, representando o presidente da CBIC, o vice-presidente Aristóteles Passos Costa Neto falou da relevância dessa campanha inédita e estratégica para o futuro. "É um programa que orgulha muito a CBIC pela missão nobre de desenvolver estudos e trabalhos, visando a saúde e a segurança do nosso maior patrimônio, que é o trabalhador da construção civil", disse. O presidente do Sinduscon-ES, Paulo Alexandre Gallis Pereira Baraona, também elogiou a iniciativa: "É um evento extremamente importante, com um tema que está sempre em voga e, nesse momento, é fundamental que se discuta formas de diminuir acidentes e se adote novas práticas no setor".
 
Fernando Guedes, presidente da CPRT, enfatizou que a CBIC trabalha para que a cultura prevencionista esteja cada dia mais presente nas empresas. "O setor da construção formal já tem adotado fortemente políticas de saúde e segurança, com resultados efetivos. Em 2015, observamos uma redução no número de acidentes de 27% em relação a 2010. Um número significativo, mas não podemos nos contentar com ele. Nossa meta é sempre acidente zero", afirmou. O vice-presidente da Findes, Manoel de Souza Pimenta Neto, igualmente espera que o futuro seja bem melhor em se tratando de SST: "A visão do acidente no Brasil ainda é muito precária. A gente precisa educar e preparar nossa classe trabalhadora para que se tenha a maior segurança possível".
 
Na primeira parte do evento, Guedes demonstrou os trabalhos e ações desenvolvidos pela CBIC em prol do trabalhador. Trata-se de vários produtos úteis e gratuitos, disponíveis no site da CPRT/CBIC para consulta e reprodução, a fim de melhorar as relações de trabalho no setor através da disseminação de práticas de promoção de SST. Para mostrar as ações estratégicas do Sesi para a indústria da construção - tais como programas, serviços, eventos e soluções nessa área -, falaram Renata Rézio, do departamento nacional, e Júlio Augusto Zorzal, do regional. Já Denise Carvalho (Seconci Brasil) e Fernando Otávio (Seconci-ES) foram responsáveis por mostrar as iniciativas do Serviço Social da Construção (Seconci). Fechando o painel, uma palestra técnica realizada pelo auditor fiscal do Trabalho da SIT, José Almeida Martins, discorreu sobre gestão de SST, apresentou o cenário atual brasileiro, abordou as principais causas de acidentes de trabalho na construção e suas consequências para empregados, empregadores e sociedade.
 
Reforma Trabalhista e eSocial foram os temas destaque no segundo período do seminário. Tendo como base a cartilha "Edificar o Trabalho", elaborada pela CPRT com a correalização do Sesi Nacional, Fernando Guedes comentou os principais pontos e impactos da modernização trabalhista, que visa reduzir os litígios. "Apesar de terem poucas referências diretas na legislação reformada a respeito de SST, temos muitas implicações, no dia a dia das empresas, que tem relação com esse tema", ressaltou. Renato Vicente Romano Filho, especialista em Direito Trabalhista, e Carolina Ávila Ramalho, analista de Políticas e Indústria da Confederação Nacional da Indústria (CNI), contribuíram no debate sobre o assunto. Sobre o eSocial, o presidente da CPRT alertou que 75% das empresas não concluíram a primeira fase de implementação do sistema. "A forma que trataremos a gestão de SST nas nossas empresas tem que mudar completamente até o final desse ano, porque em janeiro de 2019 entrará em vigor a fase do eSocial em que deverão ser lançadas as informações de segurança e saúde do trabalho", as quais correspondem a 25% dos lançamentos.
 
Ainda no evento, o presidente do Sinduscon-ES e o vice-presidente da Findes foram homenageados, estendendo a todo o Sistema Indústria do Espírito Santo, com a estatueta da CANPAT Construção 2017/2018. Homenageadas também, por ocasião do Dia Internacional da Mulher, foram as trabalhadoras da construção civil, mencionadas como símbolo de prevenção.
Compartilhar:


 
SINDUSCON-ES - Sindicato da Indústria da Construção Civil no Estado do Espírito Santo
Av. Nossa Senhora da Penha, 1830, 3º andar
Barro Vermelho - Vitória - ES - CEP 29057-565
(27) 3434-2050

8h30 às 12h e 13h30 às 18h