ATENDIMENTO
(27) 3434-2050
8h30 às 12h e 13h30 às 18h
ÁREA RESTRITA AOS ASSOCIADOS
CNPJ:     Senha: 
Esqueci a senha     
Fale Conosco    
início
O Sinduscon-ES Serviços Informações Comissões CUB Eventos e Treinamentos Cartão do Associado
Informações
• Calendário de Feriados
• Campanha de Doação de Sangue
• Censo Imobiliário
• Convenções Coletivas
• Documentos Relações Trabalhistas
• Dados Setoriais
• Download
• Indicadores Financeiros
• Licitações Encerradas
• Links Úteis
• Notícias da Imprensa
• Notícias do Sinduscon-ES
• Salários
• Sinduscon-ES Informa
• Sinduscon-ES Jurídico
Caixa lança modalidade de crédito imobiliário corrigido pela inflação
22.08.2019   CBIC
Notícia - Imprensa
A Caixa Econômica Federal anunciou, nesta terça-feira (20), uma nova linha de crédito imobiliário que terá como referência o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), o índice oficial de inflação do país. A nova linha de crédito valerá para imóveis residenciais novos e usados e, para o presidente da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), o ganho para o mercado será enorme, pois a prestação pode ser reduzida em até 50%.

As simulações já podem ser realizadas no site da Caixa. A nova linha de financiamento estará disponível a partir da próxima segunda-feira (26) e terá prazo máximo de financiamento de 360 meses, com quota limite de 80% do valor do imóvel. Para atrair os compradores, os juros nesse tipo de financiamento habitacional serão mais baixos em relação ao modelo tradicional.

De acordo com o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, a alternativa de financiamento imobiliário com atualização pelo IPCA representa uma revolução no mercado. “É uma redução do custo do crédito, algo que a gente acredita que vai ter impacto no crescimento econômico dos próximos anos. Vai ter mais emprego, mais crédito e vai movimentar a economia”.

Novidade deve aquecer o mercado imobiliário

Martins destacou ainda que a novidade vai aquecer o mercado brasileiro de crédito imobiliário. “O nosso recebível, que era carregado pelo banco durante 30 anos vai ficar depositado num investidor institucional. É ele que é destinatário desse tipo de papel. Uma outra vantagem é que o banco passa a ser intermediário, então tanto faz um grande banco ou uma pequena companhia hipotecária de qualquer estado do Brasil. O importante é criar um mercado competitivo na concessão do crédito”.

A taxa mínima para imóveis residenciais enquadrados será de IPCA mais 2,95% ao ano. A taxa máxima será de IPCA mais 4,95% ao ano. A projeção é que o IPCA feche este ano a 3,76%.

A decisão quanto à aplicação da correção será do cliente. “A Caixa oferecerá o crédito imobiliário corrigido pelo IPCA ou pela TR (Taxa Referencial). Outra vantagem desta operação é que a Caixa vai poder vender parte desse crédito de uma maneira mais fácil. Vamos securitizar parte do que a Caixa ‘originar’. Isso vai ser muito importante para o mercado de capitais”, explicou Guimarães.

A CBIC divulgou hoje um posicionamento em que afirma que a correção do crédito imobiliário por índices de preços favorece o mercado.

Além de empresários, políticos e membros do governo, diversos representantes do setor acompanharam a solenidade, entre eles o vice-presidente de Habitação de Interesse Social da CBIC, Carlos Henrique Passos, também esteve presente na cerimônia, que contou com a presença do presidente da República, Jair Bolsonaro.
Compartilhar:


 
SINDUSCON-ES - Sindicato da Indústria da Construção Civil no Estado do Espírito Santo
Av. Nossa Senhora da Penha, 1830, 3º andar
Barro Vermelho - Vitória - ES - CEP 29057-565
(27) 3434-2050

8h30 às 12h e 13h30 às 18h