ATENDIMENTO
(27) 3434-2050
8h30 às 12h e 13h30 às 18h
ÁREA RESTRITA AOS ASSOCIADOS
CNPJ:     Senha: 
Esqueci a senha     
Fale Conosco    
início
O Sinduscon-ES Serviços Informações Comissões CUB Eventos e Treinamentos Cartão do Associado
Informações
• Calendário de Feriados
• Campanha de Doação de Sangue
• Censo Imobiliário
• Convenções Coletivas
• Documentos Relações Trabalhistas
• Dados Setoriais
• Download
• Indicadores Financeiros
• Licitações Encerradas
• Links Úteis
• Notícias da Imprensa
• Notícias do Sinduscon-ES
• Salários
• Sinduscon-ES Informa
• Sinduscon-ES Jurídico
Minha Casa Minha Vida corre risco de ter obras paralisadas por falta de repasse no ES
28.08.2019   TV Gazeta
Notícia - Imprensa
Cerca de 3.734 famílias estão esperando há anos por imóveis do projeto "Minha Casa, Minha Vida" no Espírito Santo. Há 70 dias o Governo Federal não repassa o dinheiro às empresas que estão construindo os apartamentos, e as construtoras podem paralisar as obras por falta de condições de continuar a construção.

A dívida do governo com as construtoras chega a R$ 8 milhões. De acordo com Paulo Baraona, presidente do Sindicato da Indústria da Construção Civil no Estado do Espírito Santo (Sinduscon-ES), este é um valor extremamente alto para as empresas suportarem tendo em vista que, segundo ele, os custos praticamente são pagos a vista pelas construtoras.

Sete empreendimentos no estado
No Espírito Santo, sete empreendimentos voltados para famílias que ganham menos de R$ 1,8 mil por mês são construídos.

São Mateus: 434 apartamentos;
Sooretama: 431 apartamentos;
Linhares: 917 apartamentos;
Aracruz: 537 apartamentos;
Cariacica: 976 apartamentos (dois empreendimentos: um em Padre Gabriel e outro em Antônio Ferreira);
Vila Velha: 448 apartamentos.

Problemas
O empreendimento em Vila Velha fica na Grande Terra Vermelha, onde a falta de dinheiro provoca um problema atrás do outro. Além de atrasar as obras, pode causar desemprego.

A construção civil é um dos setores que mais emprega no país, e muitas vagas de trabalho no Espírito Santo estão em construções do projeto "Minha Casa, Minha Vida".

Apesar das promessas de retomada dos recursos para o programa, o governo não diz quando o repasse vai ser feito, e as construtoras não sabem se vão continuar as obras. Com isso, as famílias que aguardam pelos empreendimentos não têm certeza se vão morar em uma casa própria.

Clique aqui e confira a reportagem
Compartilhar:


 
SINDUSCON-ES - Sindicato da Indústria da Construção Civil no Estado do Espírito Santo
Av. Nossa Senhora da Penha, 1830, 3º andar
Barro Vermelho - Vitória - ES - CEP 29057-565
(27) 3434-2050

8h30 às 12h e 13h30 às 18h